© Todos os direitos reservados
     Criado por:

WERKSTATT STUDIODESIGN

EDUCADORPONTOCOM Capacitação e Desenvolvimento é pessoa jurídica, registrada no CNPJ sob o nº 27.900.272/0001-02
Rio Grande do Sul - Brasil

A QUALIDADE DA IMAGEM NA ESCOLA

January 5, 2016

 

INDICADORES QUE APONTAM PARA A QUALIDADE

 

SINAIS DE ALERTA

 

Já fazem cerca de 60 anos que o termo imagem é utilizado nas instituições, tanto no contexto institucional, como corporativo. Imagem da marca, auto-imagem, etc.

Philip Kotler e Karen F. A. Fox, no livro "Marketing Estratégico Para Instituições Educacionais", definem imagem como sendo "A soma de crenças, ideias e impressões, que uma pessoa tem de um objeto". Assim, a percepção que o público-alvo tem da instituição escolar pode ser caracterizado como a imagem desta instituição.

No entanto, não é regra que as atitudes das pessoas são sempre as mesmas em relação a esta imagem. Assim, duas pessoas podem ter a mesma imagem de uma instituição, mas não tem atitudes iguais em relação a esta instituição.

Ou seja: duas pessoas podem ter uma imagem de qualidade de uma instituição, mas isso não significa necessariamente que essa imagem vá se reverter em captação de alunos.

Por isso, é preciso estar muito atento aos sinais que se manifestam a partir da leitura da imagem de uma instituição, bem como aos sinais do que realmente é o interesse do público-alvo. Desta forma, temos uma estrada de mão dupla, há uma necessidade de tornar visível a imagem da instituição, bem como ser sensível para perceber as reais necessidades, desejos, vontades e intenções do público.

Como transformar isto em um projeto pedagógico? Aí é que entra o aspecto técnico da instituição. É preciso ter profissionais capacitados e com condições de transformar em ações concretas um projeto pedagógico inspirado em um público-alvo que se deseja focar.

Um projeto pedagógico por si só pode ter uma excelente apresentação e um honrado propósito, mas não será levado a efeito se não houver um suporte administrativo-financeiro da instituição. É preciso que a instituição escolar seja autosustentável, para que o projeto pedagógico também se sustente.

Há inúmeros indicadores que servem para que se possa perceber e identificar o desempenho da instituição. Assim, também há indicadores que permitem emitir um "sinal de alerta" quando algo não vai bem na instituição ou quando a instituição apresenta sinais de um "barco que está a deriva".

Os indicado