© Todos os direitos reservados
     Criado por:

WERKSTATT STUDIODESIGN

EDUCADORPONTOCOM Capacitação e Desenvolvimento é pessoa jurídica, registrada no CNPJ sob o nº 27.900.272/0001-02
Rio Grande do Sul - Brasil
Buscar
  • Admin

A TORRE DA IGREJA


Os luteranos foram surpreendidos hoje de manhã pela notícia de que um prédio de 24 andares, ao lado do templo da IECLB, no centro de São Paulo, desabou e parte caiu sobre o telhado do templo, destruindo toda a nave central. Somente a torre e o altar permaneceram intactos. Vendo comentários sobre o episódio, lembro de uma apresentação de coral, em templo da IECLB, em Vila Nova - Joinville/SC, no início dos anos 90, onde participei como Regente-Adjunto de um coral ecumênico.

Na ocasião, o Regente do Coral, com trajetória pessoal religiosa, em sua saudação, lembrou da razão do templo ter o formato do telhado em forma de cunha, com duas águas até o solo, o que lembra as mãos em oração. Em outros templos, além do formato em cunha, do telhado, ainda há uma torre, simbolizando as mãos em oração, com os dedos indicadores, apontando para o céu.

A tragédia em São Paulo felizmente aconteceu durante a madrugada, em horário em que o templo estava vazio. No prédio, moravam irregularmente 50 famílias, em situação extremamente precária. Não há notícias, ainda, sobre quantas pessoas foram vitimadas pelo desastre. O fogo iniciou por volta de 1h30min da manhã e o prédio desabou sobre o templo, deixando intacto o altar e a torre.

A imagem é triste e impactante, mas pode levar a uma reflexão. A torre que simboliza os dedos indicadores apontando para o céu permaneceu intacta. O centro do templo, onde o povo de Deus permanece, foi destruído e o altar, local de reflexão, de adoração e onde o ministro da igreja traz a palavra de Deus, também está intacto.

Talvez Deus esteja nos querendo trazer uma mensagem, um recado, quem sabe um aviso.

Em uma época onde o ódio reina entre nós e a polarização é tão frequente, em uma época onde o profano é comparado ao sacro e falsos líderes são comparados com Jesus Cristo, em uma época onde não se tem mais receio da heresia e a blasfêmia é uma constante, o nosso olhar está deixando de voltar-se para Deus. O povo de Deus precisa se reencontrar e voltar os seus olhos novamente para Deus. Nossas orações devem voltar-se novamente para Deus, ao invés de petições para falsos líderes, sejam eles quem forem.

Que os familiares das eventuais vítimas deste desastre possam ser consolados e que encontrem em Deus o conforto neste momento de dor, que Comunidade Evangélica da IECLB desta região de SP possa se reorganizar e, com a solidariedade tão necessária neste momento, possam reconstruir o seu templo e que as autoridades públicas não continuem sendo omissas com a ocupação de prédios e o descaso com o patrimônio público e infra-estrutura mínima das cidades.

Prof. Uwe Roberto Strauss EDUCADORPONTOCOM Capacitação e Desenvolvimento www.educadorpontocom.com.br


12 visualizações