© Todos os direitos reservados
     Criado por:

WERKSTATT STUDIODESIGN

EDUCADORPONTOCOM Capacitação e Desenvolvimento é pessoa jurídica, registrada no CNPJ sob o nº 27.900.272/0001-02
Rio Grande do Sul - Brasil
Buscar
  • Admin

TESTEMUNHO DE FÉ


Passado o Dia dos Finados, não há como deixar de lembrar da minha mãe, depois de ter partido há quase dois anos.

Não sei porque, peguei novamente o Caderno de Receitas da minha mãe, com as anotações de receitas feitas a mão. Pedi para ficar com o caderno, porque é uma das muitas lembranças que tenho dela. O Bolo de Primavera é uma iguaria, com amendoins torrados, aveia e cobertura de um glacê de limão. Folheando o caderno, achei algumas relíquias. Um transferidor de cartolina, provavelmente usado por ela e seus irmãos; uma carta do meu avô Adam Sorg, de 1987, onde ele descreve a genealogia da família da minha vó, desde 1730. Mas, o que chamou atenção foi esta anotação, de um trecho de um música de Rita Lee, anotado em um pedaço de papel: "Se Deus quiser, um dia eu viro semente e quando a chuva molhar o jardim, eu fico contente e na primavera vou brotar na terra." Confesso que, conhecendo um pouco de psicologia, em um primeiro momento, me assustei. Depois de refletir sobre o que lembro dela, entendi a razão de ter anotado esta frase como um testemunho da sua fé. Minha mãe tinha uma fé muito forte. Quando jovem, antes de vir para o Brasil, era da Igreja Reformada, na Europa, uma igreja com origem na reforma, mas com um viés pietista. Aqui no Brasil, em Entre Rios, Distrito de Guarapuava, no Estado do Paraná, uma colonização dos Donauschwaben (Suábios), casou-se com um professor com formação em escola luterana e que, mais tarde, se tornou pastor luterano.

Como cristãos luteranos, cremos na ressurreição do corpo e esta era a fé da minha mãe. Muitas vezes, quando ainda estudante, ao acordar para tomar o café da manhã, flagrava minha mãe já sentada à mesa há algum tempo, tomando uma xícara de café com leite, perto do fogão a lenha e lendo em alemão (com a escrita em alemão gótico), falando sobre Lutero.

Que a frase da Rita Lee, que fala em "virar semente e, quando a chuva molhar o jardim, na primavera brotar na terra" tenha chamado a sua atenção, a ponto de anotar em um pedaço de papel, tão bem guardado entre as folhas do seu Livro de Receitas, é um testemunho de fé. A fé que acredita na Ressurreição.

Prof. Uwe Roberto Strauss

www.educadorpontocom.com.br

e-mail: urstrauss@educadorpontocom.com.br


7 visualizações