© Todos os direitos reservados
     Criado por:

WERKSTATT STUDIODESIGN

EDUCADORPONTOCOM Capacitação e Desenvolvimento é pessoa jurídica, registrada no CNPJ sob o nº 27.900.272/0001-02
Rio Grande do Sul - Brasil
Buscar
  • Admin

O QUE COMEMORAR NO DIA 31 DE OUTUBRO?


Todo ano, quando nos aproximamos da data de 31 de Outubro, vejo espalhados pelas redes sociais e, recentemente, manifestações públicas, em favor da data de 31 de Outubro como o HALLOWEEN.

Algumas situações chegam a ser hilárias, pela falta de informação das pessoas e pela tentativa de incutir na cultura brasileira, uma cultura importada.

Há uns quatro anos atrás, ainda morando no litoral, um grupo de crianças bateu no portão da casa vizinha à nossa.

Quando a vizinha atendeu, as crianças, fantasiadas com fantasias que tentavam ser horripilantes e assustadoras, gritaram "Trick or Treat", a sentença em inglês, que significa "gostosuras ou travessuras".

Tive que conter o riso, quando as crianças tiveram que explicar primeiro o que significaria o gesto delas.

Mais preocupante é quando ouço desejarem um "Feliz Halloween".

Pessoalmente - e tenho certeza de que muitos me acompanham - tenho apenas um motivo para lembrar na data de 31 de Outubro. O acontecimento lembrado neste dia é tão forte que revolucionou o mundo e continua revolucionando, nos últimos 499 anos.

No ano de 2017, comemoramos 500 anos da REFORMA LUTERANA. 31 de Outubro de 1517, o dia em que Martin Luther, ou Martinho Lutero ou, simplesmente, Lutero, fixou, simbolicamente, 95 teses na porta da Igreja de Wittenberg, insurgindo contra a postura da igreja católica na época, especialmente com relação à venda de indulgências.

Na cultura pagã, o dia 31 de Outubro é lembrado como o Dia das Bruxas ou "Halloween". Obviamente, não tem nada a ver com Lutero. Trata-se de tão somente uma coincidência de datas.

É importante conhecer a origem das datas, para saber o que estamos comemorando. Se as pessoas pesquisarem a fundo sobre Halloween, acredito que teriam dificuldades em comemorar esta data, sob este propósito.

ORIGEM DE HALLOWEEN: A origem de HALLOWEEN vem da celebração pagã SAMHAIN, dos druídas celtas, que objetivava dar culto aos mortos. Com a invasão da Ilhas Britânicas, pelos Romanos, por volta do ano 46 a.C., a cultura latina mesclou-se com a cultura celta. As festividades do SAMHAIN eram celebradas por ritos presididos por sacerdotes druídas que, acreditava-se, eram intermediários entre as pessoas e seus antepassados.

Para os celtas, o lugar dos mortos era um lugar de felicidade perfeita, onde não haveria fome nem dor. Também acreditavam que os espíritos dos mortos voltavam para visitar seus antigos lares e guiar seus familiares rumo ao outro mundo.

Para os celtas, os rituais de SAMHAIN marcavam a passagem de ano. Segundo diversos autores, os celtas acreditavam que nesta época, as almas dos mortos retornavam para suas casas, para visitar os familiares, se alimentar e aquecer-se junto ao fogo.

A Igreja Católica introduziu várias transformações no legado cultural, a partir das festas populares, mas foi o Papa Gregório IV que instituiu, no ano de 840 d.C, a celebração universal da FESTA DE TODOS OS SANTOS. Um vigília anterior à celebração chamava-se ALLHALLOW´S EVE (Vigília de Todos os Santos), que passou para as formas "ALL HALLOWED EVE" e "ALL HALLOW EEN", até chegar à palavra atual HALLOWEEN.

Mais adiante, já na idade contemporânea, é que se passou a celebrar o DIA DOS FINADOS, que atualmente se comemora no dia 02 de Novembro.

O termo "DIA DAS BRUXAS" não tem nada a ver com o termo "HALLOWEEN" e é utilizado pelos povos de origem portuguesa.

Atualmente, as comemorações desta data, com origem na cultura pagã celta, atualmente já é uma mescla de diversas culturas, mesclando elementos ligados ao folclore em torno da bruxaria, com uma festa repleta de bruxas, vampiros, fantasmas e monstros, algumas beirando o ocultismo.

Grupos neo-pagãos vem utilizando e celebrando a data com um intenso interesse comercial para a promoção de eventos e comercialização de produtos.

31 DE OUTUBRO - DIA DA REFORMA: O dia 31 de Outubro é comemorado pelos luteranos para lembrar de Martinho Lutero, pela data em que, simbolicamente, fixou 95 teses na porta da Igreja de Wittenberg.

Lutero jamais teve por ímpeto a divisão da igreja da época, mas, sim, objetivou promover um debate sobre o que entendia estar errado na prática da igreja a qual servia.

Depois da publicação das suas teses, em 1517, o Imperador Carlos V convocou a Dieta de Worms (em Alemão: Wormser Reichstag) e convocou Lutero para desmentir as 95 teses. Quando Lutero se apresentou diante da Dieta, o Arcebispo de Trier Johann Eck mostrou a Lutero uma mesa cheia de cópias de seus escritos. Perguntou-lhe se os livros seriam dele e se ele acreditava naquilo que as obras diziam, ao que Lutero respondeu: "Que me convençam mediante testemunho das Escrituras e claros argumentos da razão, porque não acredito nem no Papa nem nos concílios já que está provado amiúde que estão errados, contradizendo-se a si mesmos - pelos textos da Sagrada Escritura que citei, estou submetido a minha consciência e unido à palavra de Deus. Por isto, não posso nem quero retratar-me de nada, porque fazer algo contra a consciência não é seguro nem saudável. Não posso fazer outra coisa, esta é a minha posição. Que Deus me ajude!"

As conferências que se seguiram, determinaram o destino de Lutero. Lutero abandonou Worms e voltou a Wittenberg. Frederico, o Sábio, temia pela vida de Lutero e ordenou que ele fosse capturado por um grupo de homens mascarados a cavalo, que o levaram para o Castelo de Wartbug, em Eisenach.

Lutero permaneceu escondido neste castelo por cerca de um ano.

O Édito de Worms, redigido pelo Imperador, em 25 de Maio de 1521, declarou Martinho Lutero fugitivo e herege, proscrevendo as suas obras.

Lutero trouxe muitas contribuições. Entre elas, a que mais se destaca é a "Doutrina da Justificação por Graça Mediante a Fé". Em outras palavras, somente a graça de Deus nos salva. Lutero, homem dotado de grande fé, atormentado pelos ensinamentos da época, entendeu o significado do que estava escrito em Romanos 1.17: "A JUSTIÇA DE DEUS SE REVELA NO EVANGELHO", assim como está escrito: "O JUSTO VIVERÁ POR FÉ".

Os ensinamentos que vem destas palavras encontradas nas Sagradas Escrituras são consistentes, dotados de uma enorme sabedoria e não são frutos de uma mescla de culturas, que levam ao festejo pagão e sem fundamento.

Como educador, não posso ensinar uma coisa e fazer outra. No dia 31 de Outubro, eu não vou desejar "Feliz Hallowen" para ninguém e não vou sair por aí falando "Trick or Treat" ou "Gostosuras ou Travessuras", uma variação cultural americana do halloween.

No dia 31 de Outubro, refletirei sobre as implicações da reforma luterana e sobre a grande descoberta de Lutero:

O JUSTO VIVERÁ POR FÉ

Prof. Uwe Roberto Strauss

www.educadorpontocom.com.br


41 visualizações